Hoje é quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024
Caçador - O melhor da vida é aqui!
InícioEconomiaProjeto Nascer bate recorde com mais de 600 inscrições na IV Edição
PublicidadeAnuncie no Jornal InformeAnuncie no Jornal Informe

Projeto Nascer bate recorde com mais de 600 inscrições na IV Edição

O projeto abrangeu 15 cidades presenciais e uma turma online, reforçando seu compromisso em estimular o empreendedorismo e a inovação em todo o estado

A quarta edição do Projeto Nascer, uma iniciativa idealizada pelo Sebrae/SC em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC) e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (SCTI), alcançou um marco significativo com um recorde de 606 inscritos. O projeto abrangeu 15 cidades presenciais e uma turma online, reforçando seu compromisso em estimular o empreendedorismo e a inovação em todo o estado.

No Meio-Oeste catarinense, o Sebrae conta com 4 Ecossistemas de Inovação Local: Joaçaba, Luzerna, Videira e Caçador, que foram amplamente incentivados a participar do edital.

“Aqui no IFC Campus Luzerna, temos a nossa ITL situada a 200 metros de distância. A Incubadora Tecnológica de Luzerna é um espaço privilegiado para que nossos alunos iniciem novas empresas de tecnologia. Por isso, tratamos um edital de pré-incubação com a máxima atenção, estimulando os alunos a criar ideias de negócio alinhadas às demandas do mercado. Dessa forma, eles podem aproveitar o programa Nascer, utilizando os conhecimentos adquiridos nos cursos de Engenharia, e assim maximizar suas chances de sucesso”, declara Illyushin Zaak Saraiva, Professor no Instituto Federal Catarinense – IFC e Coordenador do Laboratório de Educação Empreendedora, com apoio da FAPESC.

O principal objetivo do projeto é transformar ideias criativas em empreendimentos de sucesso. Ao longo das edições anteriores, o programa já impactou positivamente mais de 1.600 empreendedores, e nesta quarta edição, um investimento substancial de R$ 1,5 milhão está disponível para apoiar e desenvolver novos produtos, serviços ou processos inovadores que possam ser introduzidos no mercado.

Durante a pré-incubação, os participantes do projeto terão acesso a recursos amplos, incluindo consultoria técnica, mentorias, cursos e apoio institucional, visando a criação de startups e empresas de tecnologia para impulsionar o crescimento econômico em Santa Catarina.

Josiane Minuzzi, Coordenadora do Projeto de Ecossistemas de Inovação no Meio-Oeste, explica que cada cidade participante concentrou-se em setores estratégicos, como saúde, metal-mecânico, tecnologia, automação, moda, entre outros, personalizando o apoio para fortalecer a economia local. Esta diversidade de setores e a abertura para inovação são aspectos que tornam o projeto ainda mais interessante e promissor.

Adriano Ribeiro
Adriano Ribeiro
Colunista do Jornal Informe, traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e da Grande Florianópolis, em duas colunas semanais publicadas aqui e no www.informefloripa.com. Contatos: (48) 99800-5836 | (48) 3733-6977. E-mail: redacao@jornalinforme.com.br
PublicidadeAnuncie no Jornal Informe
ASSUNTOS RELACIONADOS
Publicidade
Publicidade

Leia Também