Hoje é domingo, 14 de abril de 2024
Caçador - O melhor da vida é aqui!
InícioColunaIncertezas na permanência de Fically no PP e o acordo da presidência...
PublicidadeAnuncie no Jornal InformeAnuncie no Jornal Informe

Incertezas na permanência de Fically no PP e o acordo da presidência da Câmara entre outras notas

Nos bastidores da política local só se fala na possibilidade de o presidente da Câmara deixar o PP e migrar para o PSDB. Veja também sobre a filiação do professor Lucesar Piovesana no PDT, com possibilidade de disputar a prefeitura de Calmon e leia também sobre aquele acordo para Tessaro assumir a Câmara de Caçador

Incertezas na permanência de Fically no PP

Faltando poucos dias para o fim da janela que permite mudanças partidárias a boataria está solta em Caçador. A expectativa está na filiação partidária do presidente da Câmara, Itacir Fiorese, o Fically, que, até segunda ordem, continua sendo o Progressistas.  Porém, até o dia 6 de abril (prazo final para mudança partidária) estão previstas fortes emoções.

Há especulação de toda ordem. Inclusive de que Fically estaria a caminho do PSDB ou até do PSD. Um ator político até encaminhou uma conversa com o prefeito Alencar Mendes (PL) para discutir a adesão do vereador ao grupo político governista. Porém, a conversa acabou não acontecendo por falta de agenda do prefeito.

No ninho tucano o presidente, Arnaldo Bertotto negou que os tucanos namoram o presidente da Câmara. Mas uma reunião teria acontecido entre o ex-prefeito Saulo Sperotto e o vereador Tessaro e o convite de filiação à Fically teria sido feito. A conversa não teria avançado. Talvez, o que se ofereceu, não é o que se esperava.

Tentei confirmar alguma informação com Fically, que não me atendeu até o fechamento desta coluna, o que indica, pela minha experiência, de que onde há fumaça , há fogo,

PP tem atritos

A informação é que há atritos dentro da sala progressista. O presidente, Alexandre Braggio nega qualquer ruído. Diz que está tudo bem. “Nada a ver isso que estão falando. Estava com ele até agora pouco, inclusive filiamos três mulheres para concorrer à vereadora”, disse.

Na opinião de Braggio essa estratégia dos adversários só visa desestabilizar a candidatura Progressista. Segundo ele, como todos os partidos têm pesquisas e estas, conforme ele, mostram que o nome de Fically está bem avaliado, eles tentam desqualificar ou criar crises internas que não existem.

Dois nomes

Porém, Braggio deixou soltar que o partido tem dois pré-candidatos à majoritária, coisa que não se falava publicamente até certo momento. Além de Fically, também está com o nome à disposição o ex-vereador Rubiano Schmitz, que na eleição de 2020 disputou a prefeitura.

O advogado Rubiano confirma que ofereceu seu nome, mas há algum tempo já, como um elemento a mais nas negociações entre o PP e demais partidos, com vistas às composições. Porém, explica ele, o candidato prioritário para liderar o projeto do partido é Fically. Rubiano foca na disputa a vereador.

NOTÍCIAS POR WHATSAPP

Se quiser ler em primeira mão as Colunas do Adriano ou receber notícias do Informe Caçador entre no nosso grupo no whatsapp: https://chat.whatsapp.com/GBwTR7BEFoO7JUO6sx2aIp

Prazos

É bom deixar claro os prazos legais dentro da janela de mudança partidária. Segundo a Legislação Eleitoral, neste ano, “até o dia 5 de abril é possível a desfiliação partidária para mudança de legenda por vereadoras e vereadores que queiram continuar no cargo ou pretendam concorrer ao cargo de prefeito. Já a filiação partidária para se candidatar em 2024 deve ser feita até 6 de abril, ou seja, seis meses antes da eleição”. Já para quem não tem mandato eletivo, o prazo final para filiação é também dia 6 de abril.

Jean e Tessaro retornam

A primeira sessão ordinária de abril, realizada na noite de segunda-feira (1°), foi marcada pelo retorno dos vereadores Jean Carlo Ribeiro (PSD) e Amarildo Tessaro (PSDB), que desempenhavam funções como secretários municipais e reassumem as cadeiras no Legislativo em cumprimento ao calendário eleitoral deste ano.

Na atual legislatura, Tessaro esteve à frente da Secretaria Municipal de Infraestrutura por mais de três anos, liderando obras importantes para o município, como Programa Barro Zero. Ele explica que pretende continuar o trabalho em prol dos caçadorenses, agora no Legislativo.

“Foi uma grande experiência na Secretaria de Infraestrutura, onde, somada as duas passagens, ficamos por mais de seis anos. Agora o nosso trabalho continua na Câmara com a mesma dedicação. Quero agradecer a todos que nos auxiliaram neste período, aos suplentes que assumiram a função no Legislativo, aos vereadores que nos apoiaram no período por meio das aprovações dos projetos, e a população que sempre deu respaldo às nossas ações”, disse.

Jean Carlo esteve à frente da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão por 60 dias, pasta estratégica que interliga as ações das demais secretarias. Segundo ele, o período foi de aprendizado e contribuição ao Executivo para o desenvolvimento de ações em prol da comunidade local.

Vereadores Jean Carlo Ribeiro (PSD) e Amarildo Tessaro (PSDB)

E o acordo da presidência?

A expectativa era grande se nesse retorno de Tessaro à Câmara, na segunda-feira (1º), já seria dado andamento ao acordo apalavrado entre os vereadores que previa que Tessaro assumiria a presidência da Câmara neste último ano legislativo.

Como ele só retornou agora em abril, nos bastidores o comentário era sobre a possível renúncia do presidente Itacir Fiorese, o Fically, para que fosse chamada nova eleição, que permitiria a condução de Tessaro à presidência. Porém, não foi isso que aconteceu.

A verdade é que o contexto político não permitiu a manobra. Nesta semana toda a atenção no meio político está voltada às mudanças partidárias. Passado esse período, que vai até dia 7 de abril, as tratativas serão retomadas. A expectativa é que Tessaro assuma o comando da Câmara nas próximas sessões a partir da semana que vem.

NOTÍCIAS POR WHATSAPP

Se quiser ler em primeira mão as Colunas do Adriano ou receber notícias do Informe Caçador entre no nosso grupo no whatsapp: https://chat.whatsapp.com/GBwTR7BEFoO7JUO6sx2aIp

Lucesar no PDT

Durante sua passagem pela região, recentemente, o presidente estadual do PDT, Rodrigo Minotto, esteve em Calmon e filiou o professor Lucesar Piovesana. Ao retornar ao partido, Lucesar está sendo sondado para disputar a prefeitura neste ano. Ele saiu do PDT em 2016 e agora retorna. Lucesar está com a vida bem tranquila. Leciona na escola estadual e sua esposa é enfermeira. Sabe aqueles casos em que a pessoa está sossegada tocando a vida, sem nem querer falar em política, mas a política o chama. Pois então, esse é o dilema de Lucesar neste ano.

Lucesar assinando filiação no PDT, em Calmon

Tucanas

O presidente do PSDB de Caçador, Arnaldo Bertotto, confirma dupla filiação feminina no ninho tucano. Uma liderança que assinou a ficha é a ex-vereadora Cleony Figur, que não deverá disputar a eleição deste ano, mas vai ajudar no projeto. Já a segunda mulher a assinar pelos tucanos é Graziela Bander, essa sim, será candidata a vereadora. Antes, terá que se desincompatibilizar da prefeitura, onde ocupa cargo de confiança.

NOTÍCIAS POR WHATSAPP

Se quiser ler em primeira mão as Colunas do Adriano ou receber notícias do Informe Caçador entre no nosso grupo no whatsapp: https://chat.whatsapp.com/GBwTR7BEFoO7JUO6sx2aIp

Adriano Ribeiro
Adriano Ribeiro
Colunista do Jornal Informe, traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e da Grande Florianópolis, em duas colunas semanais publicadas aqui e no www.informefloripa.com. Contatos: (48) 99800-5836 | (48) 3733-6977. E-mail: redacao@jornalinforme.com.br
PublicidadeAnuncie no Jornal Informe
ASSUNTOS RELACIONADOS
Publicidade
Publicidade

Leia Também