Hoje é quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024
Caçador - O melhor da vida é aqui!
InícioCultura e LazerCâmara sedia lançamento de documentário sobre a resistência de indígenas no Sul...
PublicidadeAnuncie no Jornal InformeAnuncie no Jornal Informe

Câmara sedia lançamento de documentário sobre a resistência de indígenas no Sul do Brasil

A Câmara Municipal de Caçador sediou na tarde desta sexta-feira (20) o lançamento do filme/documentário Vãnh gõ tõ Laklãnã (em português, resistência), que reconstrói por meio de imagens, poemas, cantigas e entrevistas, parte da história do povo Laklãnõ/Xokleng, que habitava os três estados Sul do país

A Câmara Municipal de Caçador sediou na tarde desta sexta-feira (20) o lançamento do filme/documentário Vãnh gõ tõ Laklãnã (em português, resistência), que reconstrói por meio de imagens, poemas, cantigas e entrevistas, parte da história do povo Laklãnõ/Xokleng, que habitava os três estados Sul do país.
Perseguido por bugreiros pagos pelo Estado e por colonizadores, dizimado por doenças e mudanças no seu modo de vida, foi praticamente extinto, restando apenas 106 pessoas nas primeiras décadas do século XX. O título, na língua Laklãnõ, não tem tradução literal, significa algo como Resistência Laklãnõ.
A exibição da obra fez parte da programação da Semana do Contestado 2023 que está acontecendo em Caçador e contou com a presença dos alunos da Escola Irmão Leo, os idosos da Casa Lar São José e os usuários do CRAS Norte/Martello.
A obra é de autoria da jornalista Barbara Pettres, sendo uma coprodução Calendula Filmes, da produtora caçadorense Carol Marins. Estreou como convidado no 26º Florianópolis Audiovisual Mercosul – FAM 2022 e foi um dos nove curtas brasileiros selecionados para o festival “É tudo verdade 2023”, o mais importante festival dedicado à linguagem do documentário na América Latina, onde ganhou o Prêmio Canal Brasil de Curtas-metragens. Também fez parte da seleção oficial do 34º Festival Internacional de Curtas de São Paulo – Curta Kinoforum, principal festival do gênero no país.
O filme ganhou os prêmios de Melhor Filme da Mostra Ambiental no 30º Festival de Cinema de Vitória e Melhor Documentário no 6º FECSTA – Festival de Cinema de Santa Teresa – Espírito Santo. Ao todo, são 24 festivais e mostras no Brasil, Canadá, Reino Unido, Chile, França e Alemanha.

Silmara Ribeiro
Silmara Ribeirohttp://www.jornalinforme.com.br
Editora de notícias do Informe Caçador, empresária e mãe.
PublicidadeAnuncie no Jornal Informe
ASSUNTOS RELACIONADOS
Publicidade
Publicidade

Leia Também