Hoje é sábado, 13 de abril de 2024
Caçador - O melhor da vida é aqui!
InícioPolíticaAudiência pública debateu o Serviço de Acolhimento Familiar em Caçador
PublicidadeAnuncie no Jornal InformeAnuncie no Jornal Informe

Audiência pública debateu o Serviço de Acolhimento Familiar em Caçador

O serviço de Acolhimento Familiar realizado em Caçador foi o centro do debate na manhã desta terça-feira (27), durante audiência pública promovida pela Câmara Municipal, por meio da Frente Parlamentar em Defesa da Vida e Valorização da Família

O serviço de Acolhimento Familiar realizado em Caçador foi o centro do debate na manhã desta terça-feira (27), durante audiência pública promovida pela Câmara Municipal, por meio da Frente Parlamentar em Defesa da Vida e Valorização da Família.

O objetivo foi divulgar os números, demonstrar a estrutura e sensibilizar a comunidade para maior engajamento nesta iniciativa, que é desenvolvida em Caçador há quase 20 anos e está atualmente sob a responsabilidade das ACEIAS, com o suporte da secretaria Municipal de Assistência Social e órgãos que integram a rede de apoio.

Segundo dados apresentados, nos últimos anos houve uma crescente no número de crianças acolhidas pelo serviço, sendo atualmente 21 acolhimentos.

Dentre os principais fatores que contribuíram para este cenário estão os casos de pais ou responsáveis serem dependentes químicos ou alcoolistas, negligência, abuso sexual e situação de risco, abandono de incapaz e entregas por parte de pessoas que estavam atendendo o menor e não conseguiram dar continuidade ao atendimento.

Dentre os temas discutidos, destacaram-se a importância do papel das famílias acolhedoras no desenvolvimento saudável das crianças e adolescentes, os desafios enfrentados pelos profissionais envolvidos nesse serviço e a necessidade de ampliação do apoio governamental e da conscientização da sociedade civil não apenas para este serviço, mas em políticas públicas que visem a estruturação familiar.

O debate foi conduzido pelo coordenador da Frente Parlamentar, Johny Marcos, tendo como relator o vereador Clayton Zanella. A juíza da Vara da Família e Infância, Lívia Francio Rocha Cobalchini, a secretária de Assistência Social Isolete Farias, assim como a diretora da Aceias, Maria de Lourdes Ceratti; a presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDCA), Sônia Frigeri, e o vereador Paulo Nazário integraram a mesa das autoridades e destacaram o papel relevante das famílias acolhedora.

As sugestões coletadas e pautarão os trabalhos dos órgãos integrantes da rede de apoio e demais interessados nos próximos encontros.

Silmara Ribeiro
Silmara Ribeirohttp://www.jornalinforme.com.br
Editora de notícias do Informe Caçador, empresária e mãe.
PublicidadeAnuncie no Jornal Informe
ASSUNTOS RELACIONADOS
Publicidade
Publicidade

Leia Também