Hoje é domingo, 14 de abril de 2024
Caçador - O melhor da vida é aqui!
InícioGeralMulheres no volante: a cada km rodado elas realizam seus sonhos e...
PublicidadeAnuncie no Jornal InformeAnuncie no Jornal Informe

Mulheres no volante: a cada km rodado elas realizam seus sonhos e ajudam a quebrar barreiras

Patrícia Campos, 41 anos, e Adriana Dick, 50 anos, fazem parte do quadro de motoristas de ônibus do Grupo Reunidas. Moradoras de Caçador (SC), onde fica a sede da companhia, elas encontraram na profissão a liberdade e a satisfação que buscavam

No Oeste de Santa Catarina, em Caçador, duas mulheres estão desafiando estereótipos e realizando seus sonhos enquanto motoristas de ônibus na empresa de transporte coletivo Reunidas. Patrícia Aparecida Campos, 41 anos, e Adriana Marta Dick, 50 anos, são exemplos inspiradores de determinação e paixão pela profissão. Neste Dia Internacional da Mulher, elas provam que sempre é tempo de perseguir os sonhos. 

Patrícia, há quatro anos na estrada, seguiu os passos de sua família ao escolher se tornar motorista. Com seu pai e dois irmãos já tendo trilhado esse caminho, ela sempre soube que era sua vocação. “É uma profissão que tá no sangue”, diz a motorista de transporte coletivo, enquanto compartilha sua paixão pela estrada e pela liberdade que ela proporciona.

“O que mais gosto em ser motorista é conhecer novos lugares e me comunicar com as pessoas. Quando iniciei enfrentei vários desafios, como o preço mais baixo que me era oferecido no início, por ser mulher. Pelo mesmo motivo já teve pessoas se recusando a entrar no ônibus comigo, talvez por não confiar em mim, mas hoje isso já foi superado. Com o tempo passei a ser uma das motoristas preferidas”, relembra Patrícia sobre o início de sua carreira atrás de um volante. Há dois anos e um mês ela trabalha na Reunidas. 

Adriana, por outro lado, começou sua jornada como motorista de ônibus há um ano e meio, aos 49 anos. Antes disso, ela havia explorado outras áreas profissionais, mas sempre nutriu um amor pela condução e viagens. “Escolhi essa profissão porque sempre amei dirigir, viajar e me sentir assim, realizada todos os dias”, conta Adriana, que está na Reunidas há cinco meses e tem na família um irmão que também é motorista.

“O que mais me atrai na minha profissão é a sensação de liberdade, de estar sempre conhecendo lugares e pessoas novas, estar adquirindo conhecimentos diários, e o dinamismo da atividade tornado ela muito mais prazerosa. Ela também tem seus desafios, dentre os quais posso dizer que os maiores são os problemas nas estradas, as surpresas que o caminho mostra, além do trato com os clientes, que deve ser diferenciado de acordo com cada público. Mas encaro tudo com coragem e entusiasmo”, afirma Adriana.

Ambas fazem parte de um pequeno contingente de mulheres que dirigem veículos grandes no Brasil, desafiando os padrões tradicionais e demonstrando que não há limites quando se trata de perseguir seus sonhos. Segundo a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), até o final de 2022, somente 3,4% dos motoristas habilitados para dirigir veículos pesados, como ônibus, caminhões e carretas, eram mulheres.

Na condução das próprias vidas 

Patrícia, mãe de quatro filhas e avó, tem planos ambiciosos para o futuro. Seu sonho é se tornar motorista de carreta, ampliando ainda mais suas habilidades e horizontes na estrada. “A mensagem que eu gostaria de deixar a todas as mulheres é que não deixem de viver seus sonhos. Demore o tempo que for pra acontecer, saibam que irá acontecer. Somos mulheres e somos capazes, pois nossa força e nossa garra são maiores que tudo”, diz Patrícia.

Adriana, mãe de dois filhos adultos, encontrou sua paixão pela direção de ônibus, transportando pessoas, conhecendo novos lugares e vivenciando a emoção de iniciar uma nova carreira, que, segundo ela, está lhe proporcionando muita satisfação.

“Além de mãe, sou mulher, independente e trabalhadora. Consegui tudo que tenho com muita persistência e aos 49 anos iniciei uma carreira nova com muita confiança e fé de que tudo ia dar certo, como tem dado. Acredito que meus sonhos têm se realizado um pouco a cada dia, mas muitos ainda estão por se realizarem, sempre mantendo os pés no chão e coragem no peito. Neste dia da mulher, quero deixar meu abraço carinhoso a todas as mulheres. Que elas saibam que nós podemos ser o que quisermos e quando quisermos, é só irmos em busca dos nossos sonhos”, finaliza Adriana.

Mulheres como Patrícia e Adriana desafiam expectativas, superam obstáculos e inspiram outras com sua determinação e coragem. Elas são verdadeiras pioneiras, demonstrando que, com determinação e oportunidades, as mulheres podem conquistar qualquer coisa que desejem, mesmo em profissões historicamente dominadas por homens.

“Para o Grupo Reunidas é uma satisfação contar com profissionais tão competentes e determinadas, e nossas portas estão sempre abertas para quem quiser fazer parte da nossa história, sem nenhum tipo de distinção. A Patrícia e a Adriana fazem parte de um grupo de mulheres que colaboram com a companhia atrás de um volante, mas em todas os setores temos mais de 250 colaboradoras, que somam com sua dedicação e ajudam a Reunidas ser a empresa reconhecida que é”, comenta o presidente do Grupo Reunidas, Vinícius Marins. 

Sobre a Reunidas

Com mais de 70 anos de história, a Reunidas é uma das companhias mais tradicionais do setor de transportes no Sul do país. São mais de 1,6 mil profissionais diretos atuando nas frentes de transporte de passageiros, fretamento, turismo e transporte de cargas.

Anualmente, a Reunidas transporta mais de 1,4 milhão de pessoas, 110 mil toneladas no segmento de cargas e conta com mais de 400 veículos na frota, atuando no Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste do país, além da Argentina.

Adriano Ribeiro
Adriano Ribeiro
Colunista do Jornal Informe, traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e da Grande Florianópolis, em duas colunas semanais publicadas aqui e no www.informefloripa.com. Contatos: (48) 99800-5836 | (48) 3733-6977. E-mail: redacao@jornalinforme.com.br
PublicidadeAnuncie no Jornal Informe
ASSUNTOS RELACIONADOS
Publicidade
Publicidade

Leia Também