Hoje é segunda-feira, 24 de junho de 2024
InícioColunaENTREVISTA - “Foi um ano repleto de desafios, mas juntos conseguimos superá-los”,...

ENTREVISTA – “Foi um ano repleto de desafios, mas juntos conseguimos superá-los”, avalia José Tombini

Nesta entrevista exclusiva, presidente da Acic fala sobre o relacionamento com os associados e serviços entregues, sobre a organização dos núcleos setoriais, sobre as causas públicas que o meio empresarial caçadorense defende e faz uma projeção para o ano de 2024

Nesta entrevista exclusiva ao jornalista Adriano Ribeiro do Jornal Informe, o presidente da Associação Empresarial de Caçador (ACIC), José Tombini, que assumiu o comando da entidade no primeiro semestre deste ano, avalia o ano de trabalho da principal entidade empresarial da cidade. Ele fala sobre o relacionamento com os associados e serviços entregues, sobre a organização dos núcleos setoriais, sobre as causas públicas que o meio empresarial defende e faz uma projeção para o ano de 2024.

Por Adriano Ribeiro – Repórter

JORNAL INFORME – Como o senhor avalia o trabalho com os Núcleos Setoriais da entidade, que me parece bem movimentados?

JOSÉ TOMBINI – O trabalho dos núcleos empresariais da ACIC é de grande importância para a Entidade.Eles representam uma renovação constante de empreendedores que participam das diretorias atuais e futuras.Promovem a integração de vários setores da nossa economia, através de Eventos Culturais, Simpósios, missões Empresariais e capacitações.

Tivemos a instalação de quatro novos núcleos em nossa gestão, são eles, núcleos de TI, Construção Civil, Auto mecânicas e do Comércio Exterior, totalizando 15 núcleos empresariais.

Cada vez mais, o trabalho dos nucleados representa uma mudança na cultura do empreendedorismo e da Inovação em Caçador, elevando o nível da qualificação profissional e encurtando distâncias para o futuro.

JORNAL INFORME – A Acic, historicamente, sempre esteve envolvida com grandes causas e prioridades da cidade. Neste momento, em quais frentes a Acic está envolvida?

JOSÉ TOMBINI – Estamos trabalhando nos pleitos do Voz Única da Regional Meio Oeste da Facisc;

1-Privatização das rodovias federais BR 470 / BR 282 / BR 153; Revitalizar todas as rodovias SC da regional do Meio Oeste (SC 350 / SC 120 / SC 452 / SC 355 / SC 464 / SC 465); viabilizar um sistema ferroviário (ramal) que interligue o Oeste e o Meio Oeste Catarinense à malha nacional e aos portos.

2-Disponibilização de novo traçado de rede básica de energia elétrica de Videira a Caçador para atender a demanda crescente de consumo e a garantia de fornecimento com redundância em caso de falhas;

3. Conclusão do projeto dos aeroportos de Caçador/Videira e Joaçaba;

4. Investir nas redes de Hospitais do Meio Oeste priorizando a oferta de novos leitos de UTI neonatal e pediátrico, bem como a regionalização da oferta de serviços de saúde;

5. Simplificação tributária e equiparação do limite estadual do ICMS com o Simples Nacional.

Estamos trabalhando na melhoria da Infraestrutura de Caçador e Região.Entendemos que a nossa comunidade está sendo prejudicada pelas más condições de nossas Rodovias e da falta de uma linha Aérea Comercial regular, que impede o crescimento ainda mais pujante de nossos empreendedores.

JORNAL INFORME – Quais os principais gargalos para a ampliação do desenvolvimento econômico de Caçador?

JOSÉ TOMBINI – Trabalharmos para que os pleitos do Voz Única sejam ouvidos pelo Setor Público Municipal e Estadual e o fim da Burocracia Municipal na implementação de novos negócios em nossa Cidade de Caçador. Uma gestão com menos burocracia e processos simplificados para abrir e gerenciar um negócio são fatores que podem atrair mais empreendedores para o nosso município e uma forma de incentivar quem quer empreender. Fortalecer ainda mais as parcerias visando investir em programas de capacitação e formação profissional para suprir a demanda de mão de obra qualificada e assim promover o desenvolvimento econômico da cidade.

JORNAL INFORME – Em termos de infraestrutura, o que falta para Caçador atrair mais negócios e empresas?

JOSÉ TOMBINI – Sabemos que a atual gestão pública está buscando ter uma infraestrutura sólida que inclui boas vias de transporte, acesso a serviços básicos, energia, água, rede de esgoto. Também na área da Saúde, com programas de atendimento para toda a população visando à prevenção. 

JORNAL INFORME – Na última eleição, nacional, a entidade esteve envolvida em um episódio polêmico na disputa política. Como o senhor pretende conduzir a entidade em 2024 (ano de eleições municipais), o senhor pretende blindar a Acic?

JOSÉ TOMBINI – A ACIC é uma entidade apolítica, que trabalha para melhorar a qualidade de vida da nossa comunidade e o aumento da qualificação profissional dos empreendedores de Caçador e Região.E temos a missão de participar das Políticas Públicas, com a participação ativa em mais de 22 conselhos municipais de Caçador.Vamos seguir trabalhando fielmente com este propósito.

JORNAL INFORME – Quais os principais objetivos da direção da Acic para o ano de 2024.

JOSÉ TOMBINI – JUNTO À SOCIEDADE :No desenvolvimento econômico e qualidade de vida.

JUNTO AOS ASSOCIADOS :Na melhoria do ambiente de negócios.

PRINCIPAIS AÇÕES :Fortalecimento voz única municipal e regional; Criação do fórum das entidades; Qualificação através de treinamentos de capacitação (núcleos e associados); Melhorar a comunicação com o associado; Investimento na estrutura física da entidade e projeto do clube 7.

JORNAL INFORME – Uma última mensagem de final de ano?

JOSÉ TOMBINI – Desejamos a todos um Natal repleto de amor, paz e união. Que o próximo ano seja marcado por novas realizações, prosperidade e felicidade.Que possamos continuar trabalhando juntos em prol do bem-estar coletivo e do crescimento de nossa organização.Conto com cada um de vocês para construirmos um 2024 cheio de sucesso e realizações.


BALANÇO DAS PRINCIPAIS AÇÕES DESTE ANO DE 2023:

O presidente da Acic, José Tombini avalia o ano de 2023. “Foi um ano repleto de desafios, mas juntos conseguimos superá-los e alcançar resultados significativos.Desde que assumimos a presidência da Entidade neste ano, tivemos muitas ações”, comenta, elencando abaixo as principais:

Na área administrativa:

Trabalhamos nas melhorias na área de tecnologia e sistema trazendo agilidade e segurança para as demandas do dia a dia.

Na área comercial:

Tivemos ampliação das soluções empresariais da Facisc ,atualmente são 61.

Tivemos um crescimento expressivo no quadro de associados da ACiC, chegando a 630, nos tornando uma das maiores Associações do Estado.

Realizamos dois encontros para recepcionar os novos associados do ano.

Proximidade com o poder público:

Prezamos pelo envolvimento com o poder público municipal e estadual apresentando os pleitos do Voz Única de Caçador e do Meiooeste.

Através da ACIC houve uma mobilização dos empresários para discutir sobre as melhorias na pista do aeroporto regional. As obras para adequar o Aeroporto de Caçador são fundamentais para impulsionar a economia do município, polo industrial regional do Meio Oeste catarinense, e com vocação para se tornar um importante entroncamento logístico do Sul do país. Atualmente, o aeroporto de Caçador tem em média 300 operações mensais, operando voos particulares, executivos e da área aero médica.

Capacitação:

Realizado o 1º no Seminário Empresarial da ACIC que teve palestra com o especialista em marketing, João Branco. Pela primeira vez em Caçador, João Branco compartilhou sua experiência de mais de 25 anos no marketing.

Regional Meio Oeste Facisc:

A última reunião plenária do ano, da regional Meio Oeste da FACISC foi realizada dia 07 de novembro em Caçador e teve dois momentos. No primeiro, foi realizada uma visita técnica no Aeroporto Regional Carlos Alberto da Costa Neves. O segundo momento da plenária em Caçador foi realizado no espaço Daniela Tombini e teve a presença do presidente da Facisc, Sérgio Rodrigues Alves.

Ação Social:

Realizamos a 6ª edição da ação social, Natal Solidário, nessa edição os alunos da escola Vereada dos Trevos receberam os brinquedos e doces. Essa ação é promovida pela ACIC com o apoio e doação feita pelos núcleos. 

Todas essas iniciativas e muitas outras fazem parte da nova gestão, e outros grandes projetos ainda estão por vir!

Chegamos ao final do ano com muitas conquistas, mas também com a visão de que ainda há muito a ser feito pelo associativismo.

Adriano Ribeiro
Adriano Ribeiro
Colunista do Jornal Informe, traz informações sobre os bastidores da política e cotidiano de Caçador e da Grande Florianópolis, em duas colunas semanais publicadas aqui e no www.informefloripa.com. Contatos: (48) 99800-5836 | (48) 3733-6977. E-mail: redacao@jornalinforme.com.br
PublicidadeAnuncie no Jornal Informe
ASSUNTOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img

Leia Também