Hoje é quinta-feira, 18 de julho de 2024
Caçador - O melhor da vida é aqui!
InícioPolíticaEscola Nayá Gonzaga corre risco de fechar devido à redução no número...

Escola Nayá Gonzaga corre risco de fechar devido à redução no número de alunos

Em pouco mais de 10 anos, a Escola de Educação Básica Nayá Gonzaga Sampaio teve uma redução de quase 90% do seu quadro de alunos, fazendo com que a unidade corra o risco de ser fechada caso a redução continue ou as matrículas não aumentem no decorrer dos próximos meses

Em pouco mais de 10 anos, a Escola de Educação Básica Nayá Gonzaga Sampaio teve uma redução de quase 90% do seu quadro de alunos, fazendo com que a unidade corra o risco de ser fechada caso a redução continue ou as matrículas não aumentem no decorrer dos próximos meses.
A informação preocupante foi levada ao conhecimento dos vereadores de Caçador pelo diretor do educandário, Marcos Teconi, que fez uso da tribuna na sessão desta terça-feira (5) para divulgar uma campanha de matrículas que está sendo efetivada para mudar o cenário.
Segundo ele, a escola passou de 795 alunos em 2010 para 80 em 2024, e a pouca quantidade de alunos tem gerado grande preocupação no corpo docente, onde os professores efetivos já estão completando a carga-horária em outros locais devido às poucas turmas.
“Uma parte da redução ao longo desses anos se deve a inserção de algumas séries até então atendidas em nossa escola para a rede municipal. Somado a isso, ao final do ano passado, cogitou-se a possibilidade de uma escola em meio período ou com outra modalidade de ensino, o que motivou um número considerável de pais a efetivar matrículas dos seus filhos em outras escolas, sendo que depois de instalados não retornaram. No entanto, esta possibilidade foi descartada e nos dado o desafio de reestabelecer a escola ao status que outrora já teve”, informa o diretor.
Ao apresentar a estrutura da unidade, Marcos informou que há espaço para abrigar o excedente de alunos que há em outros educandários, especialmente as escolas municipais.
“Não queremos salas superlotadas, mas gostaríamos de ter alunos suficientes para que a nossa tradicional escola continue firme e possa atender nossa comunidade como tem feito há 56 anos”, completou.
O profissional finalizou sua fala enaltecendo que a escola Nayá Gonzaga Sampaio está localizada em área nobre da cidade, com professores, ensino e estrutura física de qualidade, que atuam em outras escolas do município, onde muitos estuantes que moram próximos à Nayá estudam.
O convite foi realizado pelo vereador Clayton Zanella, também é professor do CEJA, que funciona anexo à escola Nayá Gonzaga. Ele ratificou as palavras do diretor quanto a qualidade do ensino e a estrutura oferecida e chamou a atenção da comunidade para que haja uma campanha de divulgação da escola, visando aumentar o quadro de alunos.

Silmara Ribeiro
Silmara Ribeirohttp://www.jornalinforme.com.br
Editora de notícias do Informe Caçador, empresária e mãe.
PublicidadeAnuncie no Jornal Informe
ASSUNTOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img

Leia Também