Moacir D’Agostini avalia positivamente o ano do Legislativo Caçadorense

Presidente encerra seu primeiro ano à frente dos trabalhos na Câmara satisfeito pelo ritmo de trabalho e empenho de todos os vereadores nos assuntos pertinentes a comunidade

0
28

Apesar de em um ano difícil, com o agravamento da pandemia em boa parte dos meses, o trabalho na Câmara Municipal de Caçador seguiu em ritmo intenso em 2021, destacando as ações de todos os vereadores nas mais diversas áreas e em defesa da comunidade.

O presidente do Legislativo, Moacir D’Agostini (DEM), considera um ano positivo, onde a Câmara, mais uma vez, cumpriu com excelência as suas atribuições constitucionais, aproximando-se ainda mais da população.

“Mesmo com a pandemia, quando tivemos que realizar um grande número de sessões de forma on-line, o trabalho não parou. Pelo contrário, cada vereador buscou auxiliar da sua forma para que todos os caçadorenses pudessem superar o momento difícil pelo qual passamos. Esta Casa, em uma das suas várias ações, antecipou a devolução de R$ 1 milhão ao Executivo para ser aplicado em ações contra a Covid-19”, informa.

Os recursos destinados ao Executivo não pararam por aí. Em 2021, entre devoluções e anulações da Câmara, foram devolvidos cerca de R$ 5,5 milhões que retornaram à comunidade através de obras e serviços. Além do combate ao coronavírus, outro R$ 1 milhão foi destinado para asfaltamento no interior e os demais valores (R$ 2,5 milhões) usados em áreas diversas.

Emendas impositivas

Para Moacir, um dos marcos desta Legislatura se refere à implantação das emendas impositivas. Em 2022, serão R$ 5,1 milhões entre individuais e de bancadas que beneficiarão dezenas de entidades, associações e setores estratégicos da municipalidade, refletindo diretamente na vida do cidadão.

Do valor total, R$ 2 milhões serão destinados à saúde, impactando consideravelmente na diminuição da fila de espera para cirurgias e exames, atendimentos na saúde mental, e recursos para aquisição de poltronas hospitalares para abrigar acompanhantes de pacientes no Maicé.

“É um momento importante e histórico para a Câmara, pois muitas das demandas que chegam aos vereadores poderão ser resolvidas através destas emendas, o que até então não era possível. É uma ferramenta a mais para o Legislativo trabalhar em prol da comunidade”.

Proposituras 

O presidente ainda destaca o trabalho intenso dos 13 vereadores durante o primeiro ano deste mandato. Prova disso são as mais de 1200 matérias deliberadas em plenário, sendo a maioria projetos de leis, indicações e requerimentos.

“Junto a isso está o trabalho assíduos dos edis em fiscalizar, cobrar melhorias e apresentar sugestões para melhor efetivação de serviços e atendimento à população, sendo este o papel do vereador”, completa.

Participação da comunidade

Mesmo com os eventos suspensos até agosto devido à pandemia, a Câmara fez jus ao título de “Casa do Povo” abrindo suas portas para eventos diversos da comunidade. Moacir informa que nos últimos cinco meses do ano 70 eventos foram promovidos por entidades nos dois plenários da Câmara de forma gratuita e com a cedência de toda estrutura, como som, data-show, entre outros.

Outro ponto positivo destacado pelo presidente foram as audiências públicas que instigaram à comunidade ao debate, desde assuntos relacionados ao orçamento do Município, através do PPA, LDO e LOA, a assuntos que não estavam até então na pauta como construções irregulares e/ou clandestinas, e causa animal e defesa à família por meio de frentes parlamentares criadas em 2021.

“Foram muitas as ações e para que isso acontecesse contamos com a colaboração efetiva de toda a equipe técnica da Casa, assessores e servidores empenhados que nos ajudaram em todos os momentos. Sem contar os vereadores que, sem exceção, dedicaram-se ao processo legislativo e aos assuntos pertinentes aos caçadorenses”, completa.

Audiência Causa Animal

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome