Asfalto no acesso da Vilaggio Grando; Caçador terá complexo da Educação e outras notas

Durante a passagem pela Região o governador Carlos Moisés liberou recursos para asfaltar o acesso à vinícola Vilaggio Grando; leia também sobre a implantação do Parque da Educação no Parque das Araucárias; mesma região que já tem o IFSC e terá em breve a Udesc

0
86
Em solenidade, governador liberou recursos para o acesso à Villaggio Grando

Acesso da Vilaggio Grando

Durante sua passagem por Caçador o governador Carlos Moisés assinou o repasse de recursos por Transferência Especial para a pavimentação na estrada de acesso até a Vinícola Vilaggio Grando, no valor de R$ 4.984.421,99. O investimento vai impulsionar em muito o turismo na Vinícola que já se consolidou como ponto de visitação.

Negócio de família, iniciado pelo visionário Maurício Grando, a Vilaggio é referência na qualidade de seus vinhos e agora se prepara para investir em atrativos de turismo, como um hotel. Com certeza trocar o barro e pó por asfalto vai aumentar em muito a visitação no local. “Estamos honrados e extremamente felizes com isso” disse Maurício que salienta que o projeto ainda está na fase de investimento, a qual levará ainda mais duas décadas.

O investimento só é possível graças à decisão do atual governo em investir em asfalto em ligações rurais, especialmente em regiões de turismo. Na Serra Catarinense, na região de Urubici são várias as vias que estão sendo asfaltadas. Investimento mais que necessário para desenvolver o turismo. Tem quem vá em Bento Gonçalves ou Canela, na Serra Gaúcha, e ache lindo chegar às cantinas e vinícolas por vias asfaltadas ou calçadas e ache que não deveria ser feito tal investimento aqui em SC. Tem quem ache isso, mas a estes nem perderemos nosso tempo para debater. São amargurados de alma.

Vem ai o Parque da Educação

O Parque da Educação virá coroar a bela gestão no setor educacional da gestão Saulo e Alencar. Durante estes anos muito foi investido na reforma de escolas e em ações para melhorias das atividades. Agora, prepara-se a cereja do bolo. O projeto do Parque da Educação é magnifico. Vai levantar uma estrutura enorme no Parque das Araucárias. Além dos espaços de aprendizado, o projeto prevê um enorme Centro de Multiuso, que acrescentará à cidade mais um amplo espaço para eventos, seja esportivos, de lazer ou outros.

Os recursos estão assegurados. Em recente visita ao município o governador Carlos Moisés (sem partido) liberou R$ 30 milhões, pedido do prefeito Saulo para a obra. A prefeitura completará o investimento com mais 14 milhões. Uma obra grandiosa que terá prazo de até 3 anos para ficar pronta. Porém, o prefeito conta que em dois anos já estará sendo entregue. Isso porque a construção será com pré-moldados e o mais dificultoso, os valores, já estão garantidos.

O Parque da Educação deverá atender em torno de mil alunos, especialmente de áreas rurais de Caçador. Eles serão transportados até o local e participarão de atividades educacionais, esportivas, de lazer em período integral e retornam para suas residências ao final do dia. Ao lado da Udesc, contribuirá em muito para ampliar a qualidade de ensino em Caçador. O Parque na base, a Udesc na ponta final da qualificação profissional.

Complexo Educacional

Com o Parque da Educação no Parque das Araucárias e a previsão de implantação do prédio da Udesc em área da prefeitura também naquela localidade, levando-se em consideração o IFSC que já está instalado na subida da avenida Fhado Thomé, forma-se naquela região um grande complexo educacional da cidade. Sem dúvidas ajudará a impulsionar o setor imobiliário por lá. A falta de água, já está sendo sanada pela BRK Ambiental.

Evento Seguro

Pessoal da organização do show do Raça Negra, neste sábado, teve que correr adequar a atração ao Evento Seguro, do Governo do Estado, depois da publicação de nova portaria durante a semana, constando uma série de regramentos contra a proliferação do coronavírus, como exigência de passaporte da vacina e outros.

E a ExpoCaçador?

Com a nova variante do Coronavírus originária da África do Sul, pipocam pelo Brasil afora cidades cancelando festas de réveillon, Natal e já se questiona a realização do Carnaval em 2022. Florianópolis cancelou os shows do réveillon e só manteve a queima de fogos, pois já estavam comprados. Ainda está longe, mas o pessoal da prefeitura já tem que começar a esquentar a cabeça com a ExpoCaçador de 2022. Quem poderá saber qual o quadro da pandemia em março do ano que vem? Hoje está controlada através da vacina. Torçamos para que mais pessoas se conscientizem e se vacinem. 2022, infelizmente, ainda é uma incógnita.

Pedido

Chamou atenção a sintonia entre o governador Carlos Moisés e o deputado Valdir Cobalchini (MDB) durante o roteiro na região. No ato na Câmara de Caçador, ao finalizar seu discurso o deputado questionou ao governador: “o que mais poderia fazer para ajudar ao governo”. Também ao finalizar sua fala o governador foi direto, sugerindo a “continuidade” do governo para fazer mais. Lembrando que Moisés sonha com o apoio do MDB para sua reeleição.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome