Curso de Medicina já começa impactar positivamente em Caçador e região e outras notas

Além dos investimentos que estão vindo através do Curso de Medicina leia também sobre os recursos entregues em Caçador pela deputada Caroline De Toni e sobre a crítica de o asfalto do prefeito Saulo vir antes e depois a possibilidade de a BRK quebrar tudo

0
133
Acadêmicos do curso de Medicina conheceram o Jonas em 2019

Curso de Medicina já começa impactar positivamente

Inegável o salto em termos de referência na educação da Uniarp com a implantação do curso de Medicina. Ganhos para toda a comunidade como um todo, desde na parte econômica da cidade, quanto em outras áreas. As ações nesse setor da saúde, tocadas pela universidade, já começam a serem sentidas em várias frentes.

Em Lebon Régis, por exemplo, numa parceria com a prefeitura de Lebon Régis, o Hospital Santo Antônio passou por revitalização e através do curso a população está recebendo mais atenção. Cerca de 700 atendimentos gratuitos estão sendo registrados mensalmente.

O reitor Anderson Antônio Mattos Martins ainda lembra significativos investimentos que a Uniarp está fazendo para melhorar a saúde em Caçador e desencadear parcerias com foco na atuação dos acadêmicos. É o caso do Hospital Maicé que está recebendo mais de R$ 1 milhão da universidade para melhorias estruturais.

Mas, o projeto mais significativo envolve o antigo Hospital Jonas Ramos, que tem em partes suas instalações ocupadas por departamentos da saude da prefeitura. Lá a Uniarp vai investir mais de R$ 3 milhões em novas instalações, como ambulatórios, contemplando especialidades do curso. Funcionará no local uma Policlínica Escola, onde os acadêmicos realizarão atividades e atendimentos supervisionados por enfermeiros preceptores.

As obras iniciam neste começo de outubro e serão tão amplas que significarão também contemplam um amplo resgate histórico e arquitetônico do espaço.

Deputada entrega emenda

A deputada Caroline de Toni fez a entrega de mais uma emenda, de R$ 400 mil, para Caçador. Os recursos serão utilizados para a aquisição de uma motoniveladora (patrola), com contrapartida de R$ 570 mil da Prefeitura.

Até agora, a deputada já destinou R$ 1.450.000,00 para o município, que foram investidos nas mais diversas áreas, inclusive no combate à Covid-19. “Estamos trabalhando em Brasília, mas sempre trazendo recursos para Saúde, obras, e os mais diversos setores, como forma de agradecimento pelo apoio dos mais de 2 mil caçadorenses que confiaram em nós”, disse a deputada.

Deputada simbolizando as entregas ao prefeito de Caçador, Saulo

BRK vai quebrar os asfaltos novos

A prefeitura de Caçador deu início há algumas semanas ao programa “Barro Zero”, que prevê a pavimentação asfáltica em mais de 200 ruas até o final do mandato da atual administração, em 2024. Este é o ano que a BRK Ambiental deverá iniciar também a implantação do sistema de esgoto no Município, o que gerou debate nesta semana na Câmara.

A vereadora Lidiane Cattani (PP), questionou a prefeitura se o sistema de tubulação que está sendo instalado em vias do Loteamento Monge João Maria, contempladas pelo programa Barro Zero, será apenas para o esgoto das residências ou águas pluviais.

Para ela, tanto naquela comunidade quanto nas demais vias da cidade que receberão asfalto, seria importante um planejamento em conjunto entre a prefeitura e a BRK.

O mesmo pensamento é do vereador Alcedir Ferlin (MDB). Ele citou algumas vias em que já foram pavimentadas sem a troca da tubulação de água, nas quais, muitas vezes, há tubos enterrados há três décadas e que acabam estourando após a colocação do asfalto.

“Claro que todos querem e merecem o asfalto em frente as suas casas, mas penso que precisa haver um planejamento, já que quando a prefeitura finalizar as pavimentações a BRK iniciará o sistema de esgoto, precisando abrir valas em todas as ruas para a rede passar”, completou.

Vereadores Lilo e Lidiane

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome