Vereadores são contra o fechamento do comércio; parceria entre prefeituras e outras notas

Os vereadores de Caçador se colocaram solidários aos comerciantes locais que precisaram fechar suas portas nos últimos três finais de semana devido ao lockdown promovido pelo Governo do Estado; neste final de semana o funcionamento foi normal

0
77

Vereadores são contra o fechamento do comércio

Os vereadores de Caçador se colocaram solidários aos comerciantes locais que precisaram fechar suas portas nos últimos três finais de semana devido ao lockdown promovido pelo Governo do Estado visando frear os casos de Civid-19.

Segundo eles, os lojistas, os proprietários de restaurantes, academias e de tantos outros empreendimentos têm cumprido rigorosamente todas as regras estabelecidas pelos órgãos de e, mesmo, assim têm pagado um alto preço com o fechamento de seus estabelecimentos principalmente nos finais de semana, quando conseguem aumentar suas vendas para cumprir com os compromissos de final do mês.

O presidente da Câmara, Moacir D’Agostini (DEM), voltou a afirmar que o fechamento de restaurantes e do comércio em geral incentiva a clandestinidade, especialmente de festas e encontros no interior como registrados nos últimos dias. Disse ainda que a Câmara tem feito a sua parte no que tange a cobrança, mas se torna limitada diante das competências enquanto Poder Legislativo. “Nós, Vereadores, estamos cobrando que estas medidas sejam revistas, mas infelizmente conseguimos chegar até onde ‘nossos braços alcançam’, que é ao Executivo Municipal. Precisamos buscar junto aos nossos deputados estaduais para que nos ajude junto ao Governo do Estado”, disse.

Para o Vereador Itacir Fiorese (PP) o lockdown não tem funcionado e quem está “pagando a conta” são os comerciantes. “Muitos comércios estão pedindo socorro, prestes a fechar se continuarem assim. São famílias, diversos empregos, pessoas que precisam trabalhar e buscar o seu sustento. É preciso que todos façam sua parte, tomem os cuidados necessários, mas não se pode mais castigar o comércio”.

Para este final de semana, (dias 20 e 21), o Governo do Estado não estabeleceu lockdown.

Na estrada

Com todos os cuidados exigidos pela pandemia, evitando aglomerações ou grandes encontros, Cobalchini está costurando sua candidatura a Deputado Federal em toda a região meio-oeste. Neste fim de semana, ele esteve em Videira, onde possivelmente terá dobradinha com o ex-Prefeito Wilmar Carelli, que deve ser candidato a Deputado Estadual e também na região de Joaçaba, nos municípios de Erval Velho, Lacerdópolis, Ouro e Capinzal.

Parcerias entre prefeituras

As prefeituras de Caçador e Rio das Antas firmaram parceria para a recuperação de pontes, nas divisas dos municípios. As obras em uma delas já foram concluídas e contaram com a participação de Caçador cedendo o material e, de Rio das Antas, com a mão de obra.

Já a outra ponte será de concreto e seguirá a mesma forma de trabalho da primeira. “Esta é uma importante parceria, de muitas que certamente faremos entre os dois municípios. Somos vizinhos e precisamos nos unir”, completou o prefeito de Rio das Antas, João Carlos Munaretto. As pontes da parceria são sobre o rio do Veado, afluente do rio do Peixe.

Maicé receberá mais R$ 300 mil

Dois Projetos de Leis autorizando o Município a repassar recursos provenientes de emendas parlamentares ao Hospital Maicé, visando o enfrentamento à Covid-19, foram aprovados por unanimidade em sessão ordinária virtual da Câmara de Caçador na segunda (15).

O primeiro, no valor de R$ 200 mil, é objeto de emenda do deputado estadual Carlos Henrique de Lima (PSL), e o segundo, na ordem de R$ 100 mil, do também deputado estadual Jair Miotto (PSC), totalizando juntos R$ 300 mil.

Os recursos serão utilizados para aquisição de medicamentos para tratamento dos pacientes, conforme descrição do plano de trabalho anexado ao Projeto.