Cobalchini foca na relatoria do 2º pedido de impeachment do governador e vice

Deputado aproveita o final de semana, em Caçador, para ler as defesas do governador Carlos Moisés (PSL) e sua vice, Daniela Cristina Reinehr (sem partido) no pedido de impeachment do caso da compra dos Respiradores por R$ 33 milhões e outras notas

0
63
Deputado Valdir Cobalchini

O trabalho do relator

Sua chácara, na Linha Caixa D’Água, no interior de Caçador, será o local ideal para o deputado estadual, Valdir Cobalchini (MDB) encontrar a tranquilidade necessária, neste final de semana, para mergulhar no processo de impeachment do governador Carlos Moisés (PSL) e sua vice, Daniela Cristina Reinehr (sem partido).

Cobalchini é o relator deste segundo pedido de impeachment contra os mandatários do Estado. Na avaliação de muitos, pedido este, muito mais grave que o primeiro que já está em fase bem adiantada, prestes a afastar ambos dos mandatos. Já neste segundo pedido, o mote da investigação é o sumiço dos R$ 33 milhões que foram, em tese, investidos na compra de respiradores, que jamais foram entregues ao Estado.

O deputado vai se dedicar neste final de semana a debruçar-se sobre as defesas de governador e vice, protocoladas nesta semana. A denúncia e o parecer da Procuradoria da Alesc já foram lidas por Cobalchini que tem como vantagem para ter uma condução muito bem embasada do processo, o fato de já ter ter sido membro da CPI que investigou o mesmo caso na Alesc.

O ponto nevrálgico é a inclusão ou não da vice-governadora, com responsabilização pelo crime de responsabilidade ao lado do governador. É um ponto que terá total atenção do deputado. Já pediu a três consultores jurídicos da Alesc para esmiuçar o assunto. Não quer cometer injustiça, porém quer dar um olhar mais atualizado possível sobre o envolvimento da vice ou não.

Foco

Em função da atenção ao processo de impeachment, cuja relevância exige, o deputado Cobalchini ficará nos próximos dias, ao menos até o dia 13 de outubro, um pouco afastado das eleições municipais. O afastamento é mais presencial, visto que se dispõe a gravar vídeos de apoio a candidatos do seu MDB, assim que solicitado. Cobalchini está focado e mergulhado no trabalho que a relatoria do impeachment exige.

Case sobre Gestão de Carreira

A carreira profissional precisa de planejamento e foco. Quem desejar planejar a carreira deve atentar para o autoconhecimento, inclinações pessoais e formação continuada. Por isso, a UNIARP por meio do curso de Administração conta com a disciplina Gestão de Carreiras e Liderança, ministrada pelo professor Me. Clayton Luiz Zanella na 4ª fase. 

No dia 29 de setembro os acadêmicos participaram de uma palestra proferida pela jornalista Angela Cardoso. Durante a troca de conhecimentos, os acadêmicos receberam orientações sobre marketing pessoal e profissional, incluindo o papel das redes sociais, como o LinkedIn, uma ferramenta muito importante na projeção profissional.

Sem comícios

Nesta quinta-feira (1º), a Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (Amarp) realizou mais uma reunião virtual entre os prefeitos que fazem parte da entidade. Segundo a Matriz de Risco do Governo do Estado, embora ainda continue no nível laranja (grave), a região tem apresentado uma melhora principalmente no que diz respeito aos leitos de UTI.

Dentre as deliberações discutidas em reunião está a proibição da realização de comícios durante o processo eleitoral nos municípios que compreendem a região da Amarp.

Outras deliberações

Ainda na reunião da Amarp, outra deliberação diz respeito às lojas de conveniência, que a partir de agora estão liberadas para que os clientes possam consumir alimentos e bebidas no interior da loja até as 20h.

Cada município ficará responsável pela liberação, ou não, de eventos como almoços e jantares em comunidade do interior, atendendo a capacidade máxima de 50% do local, com reservas antecipadas. As aulas de pós-graduação, que acontecem de forma esporádica, também foram liberadas pelos prefeitos, seguindo os regramentos sanitários.

Na mesma reunião foi autorizado pelas que clubes, associações e afins liberem o funcionamento de quiosques, com limite máximo de 50% da capacidade do ambiente. Por fim, ficou autorizado nos municípios que compreendem a Amarp, a entrada de idosos e crianças em lojas e supermercados.

Energia elétrica

Deputados catarinenses aprovaram nesta semana decreto legislativo que anula portaria do Governo do Estado e barra aumento na conta de luz para quem mora no campo. A proposta do deputado Milton Hobus (PSD) passa a vigorar a partir do momento que for publicada no Diário Oficial da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Em abril, começou a vigorar portaria do governo do Estado que retira subsídio na base de cálculo do ICMS para consumidores de áreas rurais. Com a mudança, a energia ficou, em média, 6% mais cara.