Duda ganha apoio de Labas em LR e as últimas costuras políticas em Caçador

Leia também nesta coluna as mais prováveis coligações para a disputa da prefeitura de Caçador, a possível divisão da família Caramori na eleição deste ano; Lucir vence o coronavírus; Patriotas fala mal da velha política e fecha com o MDB e outras notas sobre a política local

0
227
Foto ilustrativa da nota "As benças do padre Labas"

Clima quente

Em Lebon Régis o clima político começa esquentar em uma campanha que promete ser acirradíssima. Nesta semana teve um arranca rabo entre o pré-candidato a prefeito Duda Zanotto (PSL) e o secretário de Obras, Joaquim Leonir (PDT), braço direito do prefeito Douglas Mello (PDT). O motivo pra pendenga teria sido uma denuncia de que o secretário estaria sendo beneficiado em sua residência com massa de concreto que deveria ser usada em uma obra pública. Zanotto, que também é vereador, foi no local averiguar a denuncia e o clima azedou com ofensas para todo lado.

A bênção do padre Labas

Também vem de Lebon Régis um fato político interessante. Repercutiu, também nesta semana, encontro entre o pré-candidato a prefeito, Duda Zanotto (PSL), o líder do PP, Marcelo Spautz e o padre ex-prefeito Ludovino Labas (PSDB), que após deixar a prefeitura reside atualmente em Canoinhas. Parece que a dupla recebeu do padre a bênção para a aliança de oposição ao atual prefeito e com a garantia de seu apoio da disputa. Lembrando que o padre Labas entregou bem a prefeitura e ainda tem uma ótima aceitação no município.

Celso Maciel na pista

Enquanto isso o atual prefeito Douglas Mello (PDT) acumula desgastes. Como não cumpriu acordo com o seu vice Celso Maciel (MDB), de que não concorreria à reeleição, Maciel pulou fora do projeto. Agora o MDB é no município como aquela noiva, cobiçada por todos e que não pode se casar sozinha, pois não sustenta uma candidatura avulsa. Douglas está dando sopa pro azar.

49 dias internado

O ex-prefeito, ex-vice prefeito e cidadão honorário de Caçador, Lucir Telmo Christ, recebeu alta do hospital Maicé depois de ficar 49 dias internado com Covid-19. Infelizmente, ele perdeu a esposa, Dilma, para a doença. Desejo muita saúde para o seu Lucir.

Quem vai com quem?

Estão a mil as negociações nos bastidores para as coligações partidárias para o pleito deste ano. Como só pode haver coligações na majoritária e não nas proporcionais, os pré-candidatos a prefeito buscam ampliar suas bases, principalmente por causa do tempo de rádio e no número de postulantes a uma vaga na Câmara, que acabam servindo como cabos eleitorais também.

Do lado do prefeito Saulo e do vice, Alencar, devem estar juntos o PSDB, DEM, PSD, PDT e PSL. Já Silvane Panceri e Barcaro vão com o MDB, PL e o Patriotas. Por outro lado, o PT de Paulão está dando a letra de que irá de chapa pura. O PP, de Rubiano também vai de chapa pura.

E o Patriotas, hein!?

Agora, discursinho mentiroso teve o Patriotas. Ficaram os 3 anos e meio falando que as “velhas raposas” da política não podiam continuar no Governo, “porque faziam o povão sofrer”. Vídeos e comentários nas redes sociais dando lição de moral em todo mundo, sendo os senhores da razão e os “salvadores da pátria”. Alardearam que haveriam novidades, que além dos cenários que estavam se desenhando, eles trariam uma opção e… se aliam ao MDB velho de guerra.

A incoerência mostra bem a cara destes “patriotas”.

Família dividida

Assim como na eleição passada, existe uma grande possibilidade da família Caramori, uma das mais tradicionais de Caçador, ir dividida para a eleição municipal. Se no pleito passado o ex-Deputado Reno Caramori apoiou a reeleição de Beto Comazzetto, enquanto seu primo, Rui Caramori indicava o vice de Saulo Sperotto, Alencar Mendes, desta vez a divisão pode ser ainda maior.

Família dividida (2)

Enquanto Reno, se seguir sua história identificação com o PP, apoiaria a candidatura do vereador Rubiano Schmitz à Prefeitura e Rui seguirá com seu genro na chapa do atual Prefeito, o empresário Sandoval Caramori pode embarcar no projeto do MDB, com Silvane Panceri na cabeça.

Família dividida (3)

Sandoval acabou se tornando muito próximo ao deputado estadual Valdir Cobalchini, principal responsável pela defesa do setor de transportes na Assembleia Legislativa. Esta proximidade poderia levar o empresário para a candidatura de Silvane, uma candidatura toda desenhada pelo deputado. A conferir.

Dor de barriga

Começou o período eleitoral e a dor de barriga vem junto, como sempre. Vários chatos de plantão reaparecem, principalmente aqueles que são candidatos, e começam a fazer as suas supercríticas, baseadas em achismos baratos e sem conhecimento algum de causa.

O alvo, claro, sempre é quem está no poder. Mas, teve um cidadão aí que chegou ao extremo de dizer que a imprensa está recebendo propina da Prefeitura.

Um “Zé Ninguém” desses, que nunca foi e nunca vai ser nada na política, fez esta acusação para os “jornais” e aos jornalistas. Pouco sabe, esse “Zé Ninguém”, que os jornais e os jornalistas trabalham igual a qualquer outra pessoa, que comem, bebem e precisam pagar suas contas.

Se a Prefeitura quer divulgar alguma coisa, que pague, assim como faz qualquer outro estabelecimento comercial ou governamental.

Agora, para esse Zé Ninguém, nós, que trabalhamos e temos uma empresa, temos que fazer doação do nosso suor ou, mesmo, do nosso te​mpo, conhecimento e esforço, apenas porque ele acha que é assim que tem que ser.

E, pior ainda: dizer que o que recebemos é propina. Propina, meu caro Zé Ninguém, é dinheiro ilegal. O que nós recebemos é pago com notas fiscais, com um serviço prestado e não está escondido.

Zebra

Se perguntassem pra qualquer analista da política local há dois meses qual seria o resultado da eleição, a avaliação seria unânime: Saulo Sperotto seria reeleito com folga. Mas a pandemia, as polêmicas na gestão deste problema e os movimentos dos partidos na véspera das eleições, começam a desenhar um cenário mais difícil do que parecia para o prefeito.

Zebra (2)

O projeto do MDB, encabeçado por Silvane Panceri, tem atraído diversos partidos. O Partido Liberal do Senador Jorginho Mello, o Patriotas, com enorme identificação com o Presidente Jair Bolsonaro e o Republicanos, ligado à Igreja Universal, já aderiram. Novos apoios ainda são aguardados. Vale destacar que boa parte dos membros destes partidos eram apoiadores de Sperotto há quatro anos.

Zebra (3)

Se tem algo que político sabe fazer é ler o ânimo do povo. A própria candidatura de Silvane já mostra isso: ligado no cenário de mudança na política nacional, Cobalchini criou uma candidatura nova, sem desgaste e que nunca disputou uma eleição na vida, além de possuir um currículo acadêmico e uma trajetória profissional impecáveis. Estaria pintando uma zebra na eleição de Caçador?

Progressistas

O Partido Progressista de Caçador realiza sua convenção dia 11, próxima sexta-feira. Ao que tudo indica terá chapa pura: Rubiano Schmitz para prefeito e Marvile Morona a vice. O partido também tem a nominata completa de candidatos a vereador. Sobre possíveis coligações a sigla ainda conversa com dois ou três partidos que talvez ingressem na Majoritária, mas lembrando que os progressistas não abrem mão de indicar os candidatos.

Água em Caçador

A BRK Ambiental de Caçador atualmente trabalha nas etapas finais da ampliação da principal tubulação do sistema R7, que leva água até a região dos bairros Martello, São Cristóvão, Rancho Fundo, Bom Sucesso e Aeroporto, ação que vai beneficiar mais de 10 mil Clientes de Caçador que, historicamente, sofreram com intermitência no abastecimento.

Já estão concluídas as 5 etapas externas de instalação da adutora no trajeto da Estação Elevatória, localizada na rua José Gioppo, até o reservatório R7, instalado na rua Pedro Fernandes de Oliveira, no bairro Rancho Fundo. Agora, a concessionária finaliza as adequações na estação elevatória, preparando tudo para o aumento no fluxo de água que passará pela nova tubulação.

Em caso de dúvidas, a BRK Ambiental mantém o seu canal gratuito de atendimento, o 0800 771 0001, que está disponível 24 horas.

RECEBA ESTA COLUNA POR WHATSAPP

Quer receber esta coluna por Whatsapp toda quarta e sábado? ADICIONE o número (48) 99800-5836 em SEU celular e nos mande um OK, com seu 1º nome!