Prefeitura entrega ampliação da escola Castelhano, 1ª de Caçador em período integral

As melhorias contaram com a construção de novas salas de aula, asfaltamento do pátio, grama sintética, videomonitoramento, ampliação de cozinha e novos banheiros

0
103
Inauguração foi nesta sexta-feira (3)

A Prefeitura de Caçador fez entrega, nesta sexta-feira, 3, das obras de ampliação da escola Castelhano, a primeira de Caçador em tempo integral. As melhorias contaram com a construção de novas salas de aula, asfaltamento do pátio, grama sintética, videomonitoramento, ampliação de cozinha e novos banheiros.

A obra foi realizada em parceria com a empresa Adami, que investiu o valor de R$ 250 mil. Por parte da Prefeitura, foram R$ 500 mil nas melhorias, bem como, investimentos de mais de R$ 1 milhão por ano com professores e demais servidores para o período integral. Já do deputado Valdir Cobalchini, são R$ 220 mil para a reforma do piso e fechamento da quadra da escola.

“São grandes investimentos para que, quando as nossas crianças retornarem para esta escola, possam usufruir de um novo e amplo espaço, agora revitalizado e ainda mais seguro”, completou a secretária de Educação, Josete Estrowispy.

 

A escola conta ainda com controle de entrada e saída de alunos, com aplicativo que informa aos pais o horário que eles entraram ou saíram. “Temos que proteger o nosso maior bem, que são as crianças. Além disso, temos aqui videomonitoramento 24 horas por dia, evitando que pessoas estranhas entrem na escola”, ressaltou o prefeito Saulo Sperotto.

Para o presidente da empresa Adami S/A, José Adami Neto, em um momento complexo, de tantas notícias ruins, é emocionante ver uma obra como a da escola. “Entrar em uma escola organizada, reformada, cheia de cores, reforça a nossa frase diária que é: vai ficar tudo bem. Para nós, é uma verdadeira honra poder contribuir e fazer parte deste este projeto pioneiro. Somente a educação transforma. Parabenizo a todos que trabalharam na reforma e ampliação da escola. A escola está encantadora, com estrutura, segurança e conforto, para logo, logo, receber os nossos alunos novamente”, reforçou.

Entre as obras adicionais na escola, está o fechamento do ginásio, que está em fase de licitação e será realizado com recursos de emenda do deputado Cobalchini. “Vamos proteger as crianças, principalmente nos invernos rigorosos, fechando a quadra. Por isso, conseguimos viabilizar o recurso para uma obra que vai trazer mais condições e mais qualidade a todos os alunos que irão utilizar”, completou o deputado.

A expectativa agora é pela volta dos alunos, o que ainda não tem uma previsão de data. “Sentimos muito a falta daquele barulho das crianças estando aqui nesta escola. Sendo exemplos para que a nossa sociedade tome as atitudes para que possamos sair o quanto antes deste processo difícil pelo qual estamos passando, de uma maneira mais rápida, com toda a segurança, tenhamos o objetivo principal de todo este esforço e investimento: o futuro das nossas crianças”, destacou o vice-prefeito, Alencar Mendes.

“Queremos agradecer ao apoio do empresário José Adami, que é um apoiador da educação e que gera milhares de empregos, que vêm trazer mais qualidade de vida para todas as pessoas. Agradecemos ao Cobalchini também ao apoio nos investimentos para as melhorias nesta escola. São melhorias importantes, ampliações, reformas e uma educação diferenciada, em tempo integral. Sempre dizemos que a escola não deve ser um depósito de alunos, mas uma fábrica do conhecimento e é isso que estamos proporcionando”, completou o prefeito Saulo.

“Lamentamos muito que as crianças não possam estar já usufruindo destes espaços, mas, certamente, quando retornarem, terá uma escola completa, onde ficarão durante o dia todo com todo conforto, segurança e ampliando os seus conhecimentos. Nosso objetivo sempre será o de proporcionar mais qualidade de vida para todas as pessoas!”, finalizou Saulo.