Núcleo de Psicologia da UNIARP realiza mais de 130 mil intervenções

Os atendimentos gratuitos, são realizados por acadêmicos do curso de Psicologia nos estágios de Psicologia Clínica, sempre com supervisão de profissionais

0
270

O Núcleo de Psicologia da UNIARP é um importante aliado da comunidade de Caçador e região. De 2016 a 2019, o Núcleo realizou mais de 130 mil intervenções. Em 2016 foram 39.939 atendimentos. Em 2017, foram 27.247 atendimentos e em 2018, foram 57.326. De fevereiro a julho de 2019, foram realizadas 15.126 atuações. Os atendimentos são realizados por acadêmicos do curso de Psicologia nos estágios de Psicologia Clínica, Organizacional e Escolar, sempre com supervisão de profissionais.

Os atendimentos são gratuitos desde que preencham alguns pré-requisitos, como por exemplo, comprovar renda familiar de no máximo dois salários mínimos por mês. Todos os casos passam por uma triagem antes do encaminhamento.

A coordenadora do Núcleo, professora Madaline Ficagna Roveda informa ainda que 15 empresas de Caçador contam com apoio do Núcleo de Psicologia por meio dos estágios organizacionais. Os acadêmicos estagiários, auxiliam os colaboradores das empresas, participam efetivamente de treinamentos, aconselhamentos, pesquisa de clima organizacional, entrevistas de seleção, entre outras ações.

No Núcleo, acadêmicos do curso de Psicologia realizam o estágio curricular supervisionado obrigatório de suporte educacional/emocional. Isso contribuiu para o desenvolvimento ético-reflexivo dos acadêmicos.

O Núcleo se caracteriza como uma clínica escola, onde oportuniza o ensino, a pesquisa e a extensão.

Atende diversos públicos como grupos de idosos; grupos de mães e pais; APAE e Grupo de portadores de necessidades especiais; em postos de saúde; hospitais, Centro de atenção psicossocial (CAPS II e AD); Centro de Referência em Assistência Social (CRAS); Escolas municipais e particulares; Ong´s; empresas de Caçador e região; Bombeiros; Polícia Militar; Secretaria Municipal de Saúde; Rede Feminina de Combate ao Câncer, Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), CETESC, SENAC, SENAI, Fórum, acadêmicos e colaboradores da UNIARP.

Os pacientes podem procurar o Núcleo de Psicologia de segunda à quinta-feira das 13h30min às 22h. Na sexta-feira o atendimento é das 9h às 12h e das 13h às 17 horas. É necessário apresentar documentos pessoais, comprovante de residência e de renda. Nos casos de menores de idade, os responsáveis deverão apresentar RG ou certidão de nascimento.

SERVIÇO: Mais informações no telefone (49) 3561 6252.

Serviços oferecidos:

Atendimento psicoterápico de criança, adolescente, adulto, família e grupo; aconselhamento de adolescente, adulto, família e grupo; promoção da saúde mental; melhoria na qualidade de vida dos sujeitos; encaminhamentos a demais profissionais; avaliações psicológicas; orientação vocacional; práticas escolares de informação em oficinas temáticas a crianças, adolescentes e adultos; auxílio a alunos com dificuldades de aprendizagem, recrutamento e seleção em empresas; assistência ao trabalhador; palestras temáticas; promoção do desenvolvimento humano; avaliação de competências; treinamentos; pesquisa de clima organizacional; Informação das práticas e áreas de atuação promoção de eventos.

Projeto Despertar realiza mais de 600 atendimentos

A UNIARP, por meio do curso de Psicologia, reativou no segundo semestre de 2018 o Projeto Insight, passando a ser conhecido como Projeto Despertar.

São 12 escolas municipais atendidas no projeto. Em 2019, foram realizados mais de 600 atendimentos.

O projeto atende crianças matriculadas nas escolas municipais que apresentam dificuldades de aprendizagem, sintomas cognitivos, emocionais, associadas a problemas de interação social e cultural, de auto regulação do comportamento e ou disfunção neuronal.

É um projeto do Núcleo de Psicologia da UNIARP que visa atender uma demanda da rede pública municipal de crianças de 6 a 12 anos que apresentam problemas ou dificuldades de aprendizagem, auxiliando na transformação da criança com foco no desenvolvimento psicoemocional.

O projeto conta com a participação de estagiários acadêmicos do curso de Psicologia da UNIARP, que são supervisionados pela professora Débora.

O projeto inicia com uma triagem com os pais, para posteriormente, atender as crianças na própria Universidade através de oficinas realizadas nas terças-feiras nos períodos matutino e vespertino.