As movimentações para as eleições em Caçador e outras notas

Leia também nesta coluna sobre o tardio debate para o início das aulas à distância na educação de Caçador; a participação do deputado estadual, Valdir Cobalchini na CPI dos Respiradores e outras notas

0
102

CPI dos respiradores

Deputado estadual, Valdir Cobalchini (MDB) faz parte da CPI dos Respiradores. Ocupa a vice-presidência da comissão que vai investigar o sumiço de R$ 33 milhões da Saúde do Estado com o pagamento antecipado dos equipamentos que sequer foram recebidos ainda e por preços acima do mercado. A primeira reunião da comissão será na próxima terça (12).

Quadro eleitoral de Caçador

Com a grande possibilidade de serem mantidas as eleições para este ano, algumas definições passam a ficar mais claras no cenário político de Caçador.

Os pré-candidatos começam a lançar seus nomes para já ir “atraindo” a atenção dos eleitores. Nesta semana, mais um pré-candidato já se anunciou pelas redes sociais. Trata-se de Osmar Barcaro, que embarcou no PL, partido do senador Jorginho Mello.

Barcaro na outra eleição foi candidato a vice de Assis Pereira e, durante o período fora da política, tentou se agarrar no esporte caçadorense, através da Liga Atlética (LAC).

Quadro eleitoral de Caçador  (2)

Por outro lado, o PT, basicamente definiu dois pré-candidatos: Jorge Gonçalves e Paulão. Antes, o professor Helio Pires também havia sido lançado pré-candidato, mas anunciou que declinou da tentativa de concorrer ao Executivo.

Quadro eleitoral de Caçador (3)

Apenas para constar: o PT conseguiu, por duas eleições, chegar a uma votação extraordinária (2000 e 2004), mas nunca chegou a ser o partido mandatário da Prefeitura. Por outras duas vezes, assumiu no papel de vice, com Luciane Pereira, talvez o maior desastre experimentado pela sigla de Lula. No mandato de Imar Rocha, a professora ainda teve algum protagonismo, mas, depois, na administração de Beto Comazzetto, acabou ficando na geladeira durante os 4 anos.

Cito isso apenas para destacar que, apesar deste bom histórico, o PT de Caçador continua sendo o mesmo, sem ter se estruturado ou, mesmo, lançado um nome de peso para disputar de igual para igual uma eleição. Aliás, em todo o tempo que esteve no mandato (6 anos), o PT não fez absolutamente nada de especial para Caçador.

Aguardemos o discurso nesta eleição…

Quadro eleitoral de Caçador  (4)

As outras candidaturas bem definidas são do atual prefeito, Saulo Sperotto, e do vereador, Antonio Rubiano Schmitz. E, ao que tudo indica, serão os dois principais candidatos no pleito deste ano, dada a visibilidade e histórico de conquistas em prol de Caçador.

Quadro eleitoral de Caçador (5)

Daí sempre tem aqueles grupos descontentes com tudo e com todos (não, não estou falando do PT) e que lançam candidatos para fazer votações irrelevantes. O PATRIOTAS deve ser um dos partidos a lançar candidato, sendo o principal postulante Antonio Pelicer, o Chicão (não o cabeleireiro). Ele é apoiado por uma ala (se é que dá pra se falar assim) liderada por Luiz Marchesan (que na outra eleição apoiou o atual prefeito Saulo, mas não ganhou um cargo e se rebelou).

Quadro eleitoral de Caçador (6)

E o MDB? Isso ainda é uma incógnita…

Quadro eleitoral de Rio das Antas

No vizinho município de Rio das Antas, o MDB tem dois pré-candidatos: Munaretto e Selmir Bodanese, ambos do MDB. Ao que tudo indica, por sair daí uma chapa única, para disputar com o atual prefeito, Ronaldo Loss, que vem de um mandato bastante desgastado e com poucas realizações para o município.

Aulas online

Depois de quase dois meses de paralisação das aulas em função do isolamento social imposto pela pandemia do coronavírus, só agora, a Secretaria Municipal de Educação de Caçador começa debater iniciar aulas on-line para os alunos. Dezenas de outros municípios já estão em atividades remotas, inclusive o Governo do Estado. No Estado, por exemplo, aqueles alunos que não têm acesso à internet ou a um computador ou um smartfone estão recebendo em suas residências, ou os pais passam nas unidades escolares pegar, o conteúdo impresso para as atividades residenciais. Todo esforço para não comprometer o ano letivo, nem deixar o acumulo para o segundo semestre, visto que não se sabe até onde vai a paralisação das aulas presenciais. Nessa questão, a Educação municipal dormiu no ponto literalmente.

Procon

O Procon de Caçador voltou a atender presencialmente, na quinta-feira (7). As medidas de segurança, como uso de máscaras e a distância entre as pessoas serão observadas. Além disso, só entrarão 6 pessoas por vez na sala do Procon. “Pedimos para que as pessoas observem estas determinações”, completou o diretor do Procon, Cristiano Zanchi.